sexta-feira, 22 de julho de 2011

A mãe que eu sou

Na esteira dessa polemica que a entrevista da francesa Elisabeth Badinter trouxe, cabem criticas variadas e alguns elogios também.
Já falei no último post sobre o instinto maternal e como ele é significativo em mim. Daí que na entrevista me parece que a senhora francesa queira desmitificar ou até mesmo negar a existencia de algo tão primal. Isso faz dela sim uma perfeita idiota.

A única coisa que eu tirei de positivo da entrevista foi a busca pela liberdade de escolha da mulher e mãe. Cada uam sabe o que é melhor para si, então bora pra frente sem se achar melhor que os outros.

É isso exatamente o que mais me aborrece na maternidade. A capacidade dos outros acharem que sabem tudo sobre a MINHA filha. Se ela está chorando, é porque está com isso ou aquilo. Nem me pergunta o que pode ser, afinal já tem certeza do que é...
Só porque a pessoa já teve filhos e/ou criou sei lá quantas crianças se acha no direito de saber mais das reações da Isabela do que eu!!!! Pessoas que se acham melhores que eu para criar meus filhos (simplesmente porque já foram/são mães)são o que há de mais irritante para mim.

Quando a Isabela estava para nascer minha mãe me falou que eu não precisava me preocupar porque em 1 semana eu já saberia cuidar da minha filha. Foi uma das coisas mais legais e bonitas que uma mãe pode dizer para sua filha grávida. Aquilo aumentou ainda mais a minha segurança e me passou um orgulho e alegria danados por ter uma mãe assim. É essa mãe que eu quero ser: aquela que passa segurança e conforto para os filhos.
Pretendo ser exatamente como minha mãe, afinal ela criou tres filhos que nutrem muito amor por ela. Quero ser amorosa, paciente e acolhedora. O resto é resto.

E sabe a mãe que eu já sou? A mãe mais feliz do mundo por acordar todas manhas (e em algumas madrugadas também) com esse sorriso e falatório:
video

2 comentários:

  1. ohhhh gentch, que d+ é a Isabela! Adorei o vídeo! Ver o sorriso dela foi o máximo... vcs dois devem ficar babando o tempo todo em cima da filhona né... e com toda razão! Parabéns! bjos
    Ich, Hausfrau
    www.ich-hausfrau.com.br

    ResponderExcluir
  2. Assino, embaixo, em cima, do lado...
    Bjos pra vcs!

    ResponderExcluir